Arqueologia preventiva na região sudoeste do Paraná

SAMSUNG CAMERA PICTURES

Área de futura CGH foi objeto de estudo de pesquisadores da Espaço Arqueologia

No início do mês de julho uma equipe de pesquisadores foi a campo para realizar a etapa de Avaliação de Impacto ao Patrimônio Arqueológico na área de implantação da CGH Maravilha, no município de Mangueirinha, região sudoeste do Paraná.

Empreendimentos dessa natureza são considerados possíveis causadores de impacto a eventuais sítios arqueológicos presentes nos locais influenciados, sendo necessária a avaliação de impacto, visando o atendimento à legislação vigente de proteção ao patrimônio material.

Às margens do rio Covó, foram realizadas vistorias nas superfícies e subsuperfícies da área diretamente afetada e da área de influência direta do empreendimento. Como resultado, não foram identificados vestígios arqueológicos, indicando, portanto, que sua implantação não acarretará em impacto ao patrimônio arqueológico.

Ainda na área da futura CGH, nossos pesquisadores realizaram atividades de extroversão, momento no qual conversaram com moradores das localidades próximas ao empreendimento, a fim de levantar informações sobre possíveis vestígios arqueológicos na área e também realizar a divulgação da pesquisa.