Pesquisadores da Espaço realizam levantamento arqueológico no alto curso do Rio Cavernoso

SAMSUNG CAMERA PICTURES

Área de aproveitamento hidrelétrico fica na região centro-sul do Paraná

Pesquisadores da Espaço Arqueologia desenvolveram, no mês de setembro, atividades de avaliação de impacto ao patrimônio arqueológico na área de implantação da Central de Geração Hidrelétrica (CGH) Cavernoso 7, a ser instalada no Rio Cavernoso entre os municípios de Goioxim e Guarapuava, região centro-sul do Paraná.

Tendo em vista que a implantação do referido empreendimento se caracteriza como uma atividade potencialmente impactante ao patrimônio arqueológico, executar pesquisas desta natureza representa o cumprimento da legislação vigente, e atende ao princípio da precaução, evitando possíveis impactos sobre sítios arqueológicos que possam existir nas áreas diretamente afetadas pela instalação do empreendimento.

Em atendimento à Instrução Normativa do Iphan nº 1/2015, que norteia as ações no campo da arqueologia dentro dos processos de licenciamento ambiental, foram aplicadas as metodologias previstas e aprovadas no projeto de pesquisa encaminhado ao Instituto. Pautadas em dados obtidos por meio de levantamentos prévios, as atividades de campo se desenvolveram a partir de caminhamentos sistemáticos para verificação da superfície do terreno, assim como abertura de poços-teste com auxílio de cavadeira articulada para verificação da subsuperfície. Essas ações são realizadas nas áreas diretamente afetadas pelo empreendimento e em pontos específicos das áreas de influência direta.

A etapa citada acima consiste, basicamente, na busca por elementos da cultura material deixados por grupos humanos do passado no terreno, em forma de sítios arqueológicos ou simplesmente em ocorrências arqueológicas isoladas, que são o registro material das atividades dessas populações pretéritas. Estes materiais podem ser representados por peças confeccionadas a partir de blocos de rocha, lascas, material cerâmico, pinturas, gravuras, alterações no solo, entre outros elementos deixados por grupos pré-coloniais. Os sítios arqueológicos também podem estar representados por ocupações humanas mais recentes, como ruínas de casas antigas, ferramentas, louças, muros de taipa ou outros vestígios deixados pelos primeiros colonizadores.

Durante a execução dos trabalhos de campo também são realizadas atividades de divulgação, destinadas aos moradores das localidades afetadas pelo empreendimento. Através das visitas, são distribuídos materiais informativos cujo conteúdo se volta para o esclarecimento de dúvidas a respeito dos procedimentos adotados nas pesquisas arqueológicas no âmbito dos processos de licenciamento ambiental. O material impresso entregue aos moradores corresponde a folders que foram elaborados a partir dos resultados obtidos em diferentes projetos arqueológicos desenvolvidos, que, além de ajudar a comunidade a entender aspectos da legislação ambiental vigente, contribuem para a aproximação do cidadão com o patrimônio arqueológico local e, consequentemente, sua preservação.

Em relação aos resultados obtidos por meio da execução dos levantamentos sistemáticos sobre toda a poligonal relacionada ao projeto de avaliação de impacto ao patrimônio arqueológico na área de implantação da CGH Cavernoso 7 nos municípios de Goioxim e Guarapuava, não foi identificado qualquer vestígio ou estrutura arqueológica.