Monitoramento Arqueológico no centro-sul do Paraná

Atividades acontecem em município com importante histórico arqueológico no estado.

A região de Prudentópolis, no centro-sul do Paraná, possui um histórico pioneiro nas pesquisas arqueológicas paranaenses. Na década de 1950, o município abrigou o sítio arqueológico Estirão Comprido, o primeiro do estado submetido a escavação.

Além de artefatos líticos e cerâmicos, o sítio, localizado na margem esquerda do Rio Ivaí, apresentou 9 sepultamentos humanos. Estes materiais foram estudados pelos primeiros arqueólogos do estado, integrando um importante capítulo da pesquisa arqueológica regional.

Dentro deste contexto, e objetivando contribuir com o conhecimento sobre a ocupação humana nesta porção do estado, está sendo realizado o Monitoramento Arqueológico, atividade paralela à implantação da Pequena Central Hidrelétrica Dois Saltos. O empreendimento será instalado no Rio dos Patos e possuirá capacidade total de 25 MW. Os trabalhos de campo buscam evitar que danos aconteçam a qualquer eventual patrimônio arqueológico presente no ambiente da obra, além de ser uma oportunidade para a pesquisa continuada, a fim de levantar maiores informações sobre o contexto arqueológico regional.

Além disso, foram realizadas ações de Educação Patrimonial em escolas dos municípios vizinhos de Prudentópolis e Guaramiranga. Ações desta natureza visam criar espaços onde os estudantes possam entrar em contato com os resultados das pesquisas arqueológicas já realizadas na região, bem como se apropriar de noções que permeiam a produção do conhecimento sobre a ocupação humana do espaço onde vivem. Tendo isso em vista, foram realizadas oficinas de cerâmica arqueológica e pintura rupestre com os alunos das escolas contempladas, considerando o contexto arqueológico do estado do Paraná.

Aspectos referentes à realização da pesquisa e do patrimônio arqueológico presentes na região também estão sendo divulgados aos moradores locais e aos colaboradores envolvidos na implantação do empreendimento.